Category archives: * Trash the Dress

Trash the dress

Pois é, com os dias de calor que vão estando, sabe bem uma boa refrescadela. O verão está, mesmo, mesmo aí e a época de casamentos, este ano, começou em força. No final do mês temos o nosso primeiro casamento internacional e lá vamos catitas até Madrid, Rascafria, para celebrar, no Monasterio de El Paular, o casamento da Pilar e do Pablo. Espero estar muito, muito ins[...]

Sessões Trash the Dress

It's all about creation, not destruction! Já passou um ano desde que as minhas trash the dress deixaram as noivas de um fórum de casamentos em polvorosa. Quando lançei o primeiro desafio foram muitas as candidatas que desde logo se voluntariam a participar neste desafio. Na impossibilidade de as fotografar a todas, seleccionei apenas três. O critério de escolha foi a[...]

Em Braga também brilha o sol mas só às vezes!

Ao contrário do que tinha acontecido no dia de casamento a manhã da nossa Trash the Dress nasceu raidosa e cheia de luz. Advinhavam-se altos mais vôos na bonita cidade de Braga, vôos esses que acabaram por resultar, resumidamente, nas imagens mostradas neste e nos dois posts anteriores. Entre saltos e brincadeiras as primeiras imagens são feitas no centro histórico de[...]

menina que estás a janela

Os dias vão correndo, entre milhares de imagens para processar e outras tantas processadas, mas gemas como esta não resisto a partilhá-lhas convosco. De vez em quando também eu olho pela janela, anseio pelas linhas de costa e pelo murmurar das ondas que aprendi a ouvir e a perceber. Sinto saudades da maresia no rosto, dos lábios salgados e do cabelo enrolado, e não re[...]

A Oeste o céu é mais azul – Parte II

Depois de um inicio de manhã com muitas fotografias ao ar livre, publicadas no post anterior, aproximava-se a hora em que o sol é verdadeiramente intratável. Era agora altura de passarmos a nossa sessão de fotografia para o interior, usufruindo sempre o mais possivel da luz natural sem ter que lidar com as desvantagens de uma luz forte e arrasadora. Começamos num barr[...]